30º Aniversário do Museu Municipal de Peniche Assinalado com exposição fotográfica sobre Arte Xávega na Nazaré

30º Aniversário do Museu Municipal de Peniche  Assinalado com exposição fotográfica sobre Arte Xávega na Nazaré
Exposição fotográfica sobre Arte Xávega na Nazaré

No âmbito das comemorações do 30º aniversário do Museu Municipal de Peniche, a Sala do Governador, na Fortaleza de Peniche, acolhe uma exposição de fotografia sobre um dos mais antigos e característicos processos de pesca artesanal: a Arte Xávega.

A Exposição temporária “Arte Xávega na Nazaré – Fotografias de António Balau” inaugura no próximo dia 18 de maio, pelas 15h00, e estará patente até 29 de junho, numa coorganização da Câmara Municipal de Peniche e Câmara Municipal de Nazaré.

Inaugurado a 18 de maio de 1984, Dia Internacional dos Museus, o Museu Municipal de Peniche afirma-se enquanto espaço de referência no panorama museológico nacional. Está implantado na Fortaleza de Peniche, Monumento Nacional com mais de quatro séculos de História que albergou, de 1934 a 1974, uma prisão política. É um museu genérico que abarca diferentes coleções, das quais sublinhamos os espaços musealizados relativos à Resistência antifascista (Baluarte Redondo / Segredo, Parlatório e Celas de Alta Segurança) e as coleções de Arqueologia, História e Etnografia local. Este museu procura promover a reflexão sobre temáticas associadas à História Nacional (sobretudo no que se refere ao período da Ditadura do Estado Novo e luta pela Liberdade), e preservar e divulgar o Património Concelhio, com destaque para a sua ligação histórica com o Mar.

A arte xávega é um método tradicional de pesca que utiliza uma estrutura de rede com bolsa e grandes asas laterais que arrastam e, previamente ou em simultâneo, envolvem ou cercam o peixe. Na Nazaré, esta antiga arte adquiriu particularidades específicas, que estão representadas nas fotografias de António Balau.

António Balau nasceu na Nazaré em 1959. Desde os 15 anos de idade que se dedica à fotografia a preto e branco e, mais tarde, a cores. Colaborou em várias publicações, com destaque para o livro “Pescadores e pés-calçados”, de Jan Brogger (1992). Foi diretor e fundador do Jornal “Gazeta da Nazaré” (1982 a 2005). Colaborou na imprensa diária e regional como repórter fotográfico. Na fotografia, destaca-se a exposição “Arte Xávega na Nazaré”, mostra que esteve patente ao público em Lisboa (Sede do Banco de Portugal), Leiria (Instituto da Juventude), Santa Catarina (Caldas da Rainha), no Agrupamento de Escolas e no Centro Cultural da Nazaré.


> Convite para a exposição (pdf)


CONTACTOS

Largo do Município
      2520-239 Peniche

(+351) 262 780 100

(+351) 262 780 111

 cmpeniche@cm-peniche.pt


 





Subscreva a nossa newsletter e receba todas as novidades no seu email.