Sítio do San Pedro de Alcantara com candidatura aprovada

Sítio do San Pedro de Alcantara com candidatura aprovada
Planta da área de intervenção

Duzentos e trinta e três anos depois do acidente que marcou a vida de Peniche e que veio a ter repercussões em toda a Europa, o San Pedro de Alcantara volta à ordem do dia.

Construído na Ilha de Cuba, o navio de 64 canhões iniciou a sua viagem no Perú, fez escala no Rio de Janeiro para reparações e tinha como destino a cidade portuária espanhola de Cadiz.

O trágico acontecimento ocorrido na noite de 2 de fevereiro de 1786 viria a merecer forte atenção por parte dos investigadores no século XX. O sítio marítimo do acidente e o local da deposição e enterramento dos náufragos foram o ponto de partida para uma investigação que abrangeu diversas disciplinas do conhecimento técnico, cientifico e artístico, com o intuito de trazer para a atualidade a perceção da dinâmica despoletada pelo naufrágio e as consequências que dele resultaram.

O local da “sepultura de catástrofe”, conhecido na cidade como Porto da Areia do Norte, irá ser intervencionado na sequência da aprovação da candidatura que o Município de Peniche apresentou ao Programa Operacional Mar 2020, no âmbito do Grupo de Ação Local Pesca Oeste, com a designação “Valorização Paisagística do Depósito Funerário de Catástrofe do Naufrágio do Navio San Pedro de Alcantara”.

Através desta intervenção de preservação, valorização paisagística e divulgação do local, será possível dar a conhecer um dos episódios mais significativos da historia trágico-marítima do concelho de Peniche, potenciando o valor patrimonial imaterial deste acontecimento e homenageando as 128 pessoas que faleceram, num total de 440 passageiros, dos quais 80 foram aqui sepultados.

Nos cerca de 1 700 m2 da área de intervenção, pretende-se invocar o acontecimento com a modelação de um navio cuja proa será um miradouro e a ré constituirá um espaço de reunião de visitantes. Um passeio panorâmico irá interligar os dois espaços, abrindo-se para o campo arqueológico.

As herbáceas e gramíneas que serão plantadas no local, associadas a blocos de pedra calcária da região, acrescentarão presença e movimento. A intervenção abrange ainda a requalificação do acesso à frente habitada nascente, incluindo um corredor pedonal e automóvel.

O investimento elegível é de 145 139,25 EUR, a que corresponde uma despesa pública de 145 139,25 EUR, composta por uma comparticipação do FEAMP de 123 368,36 EUR e por uma comparticipação nacional de 21 770,89 EUR.



PEQUENO DOCUMENTÁRIO SOBRE A HISTÓRIA DO NAUFRÁGIO DO NAVIO
ESPANHOL SAN PEDRO DE ALCANTARA NAS ÁGUAS DE PENICHE



CONTACTOS

Largo do Município
      2520-239 Peniche

(+351) 262 780 100

(+351) 262 780 111

 cmpeniche@cm-peniche.pt


 





Subscreva a nossa newsletter e receba todas as novidades no seu email.