A Salto…

A Salto…
A Salto...

Migrações: um tema do presente, um tema sempre presente!

Se há temas que na atualidade percorrem e estão presentes em todos os órgãos que veiculam informação, o que se relaciona com a migração humana é por certo um dos mais presentes.

Condições deploráveis em que vivem homens, mulheres e crianças, jovens, grávidas e recém-nascidos e que são conduzidos à condição de migrantes por, nos seus países de origem não encontrarem como perspetiva de futuro senão a miséria, a fome e como prémio, a morte…

E nós?
E nós Portugueses com um passado de emigração que atravessa séculos, por que razão o fizemos e em que condições?
A recente onda migratória no quadro da crise económica desencadeada no início do século XX ainda está na ordem do dia…
E nos anos sessenta, com a miséria no bolso e a guerra colonial como horizonte, como foi emigrar naquela época?
O que era “passar a salto”?
Como se fazia?
O que era ou quem era “um passador”?
Bidonville” passou a ser terra de Portugueses.

No próximo sábado, 11 de maio, pelas 21h00 na Igreja de S. José – Centro Interpretativo de Atouguia da Baleia, a “emigração” será tema de conversa sobre a partida “a salto”, com testemunho de emigrantes atouguienses e visionamento de documentário sobre a temática da emigração.

Conhecer o que se passa connosco e com os nossos ajuda-nos a compreender melhor o que se passa com os outros…
Uma coorganização do Município de Peniche e da Junta de Freguesia de Atouguia da Baleia.

Participe!


CONTACTOS

Largo do Município
      2520-239 Peniche

(+351) 262 780 100

(+351) 262 780 111

 cmpeniche@cm-peniche.pt


 





Subscreva a nossa newsletter e receba todas as novidades no seu email.