Continuidade do Projeto - Porto Mais Seguro

Continuidade do Projeto - Porto Mais Seguro

O Conselho Local de Ação Social de Peniche vem por este meio dar a conhecer a tomada de posição, em reunião ordinária de dia 12 de Dezembro de 2012, relativa à preocupação face à incerteza da continuidade do projeto - Porto Mais Seguro:

"O projeto Porto Mais Seguro é promovido pela ACOMPANHA, Cooperativa de Solidariedade Social, CRL, com uma parceria local e destina-se a uma intervenção no âmbito da toxicodependência ao nível da redução de riscos e minimização de danos. O projeto, financiado pelo Instituto da Droga e da Toxicodependência (IDT), encontra-se em vigência há 9 anos (2003-2012) e tem vindo anualmente a merecer a aprovação do IDT.

Pela lógica de proximidade, que tem por base a mobilidade da equipa no terreno, e pela flexibilidade de horário, o Porto Mais Seguro  tem tido uma intervenção eficaz junto dos seus destinatários, sendo o único recurso na comunidade com este tipo de intervenção. Assegura respostas ao nível da Informação e Sensibilização, Intervenção de Redução de Riscos e Minimização de Danos, Intervenção Familiar, Encaminhamentos / Acompanhamentos / Apoio Psicossocial.

Dado o tempo de vigência do projeto e pelo trabalho desenvolvido deixou de ser um projeto para ser um serviço, reconhecido pelos destinatários e pela comunidade em geral.

A Equipa de Tratamento(ET) de Peniche do Crioeste diminuiu a sua intervenção em Peniche, passando a estar presente apenas dois dias por semana, e apresentando uma equipa mais reduzida, em número e em especialidades. Para além desta limitação é importante salientar que a intervenção da equipa de tratamento assenta num trabalho de parceria com o projeto Porto Mais Seguro, através do qual consegue uma cobertura mais abrangente da população. Perante a redução da intervenção da ET do Crioeste e a não continuidade do projecto Porto Mais Seguro ficamos amputados na intervenção junto deste público-alvo.

Acresce à redução dos recursos locais a preocupante realidade de Peniche, que continua a ser o concelho do distrito de Leiria onde se verifica o maior número de casos de HIV/Sida. A situação de crise que afeta atualmente indivíduos e famílias aumenta o risco de recursos de prática de consumos aditivos. Estes fenómenos têm impactos em áreas como a qualidade de vida, saúde pública, segurança e emprego, desencadeando igualmente custos acrescidos a nível social e de saúde".

O CLAS de Peniche considera imprescindível serem garantidas as condições para a continuidade do Porto Mais Seguro.
 
O Presidente do CLAS de Peniche
 
António José Correia
Presidente da Câmara Municipal de Peniche


CONTACTOS

Largo do Município
      2520-239 Peniche

(+351) 262 780 100

(+351) 262 780 111

 cmpeniche@cm-peniche.pt


 





Subscreva a nossa newsletter e receba todas as novidades no seu email.