Projeção de documentário e prova de vinhos no Centro Interpretativo de Atouguia da Baleia – 21 de setembro, 21h30

Projeção de documentário e prova de vinhos no Centro Interpretativo de Atouguia da Baleia – 21 de setembro, 21h30
“Mother Vine, A Mátria do Vinho”

No próximo dia 21 de setembro, sexta-feira, pelas 21h30, vai ter lugar na Igreja de S. José, Centro Interpretativo de Atouguia da Baleia, a projeção do documentário “Mother Vine, A Mátria do Vinho”, com a presença do Professor Virgílio Loureiro, seguida de debate e prova de vinhos históricos nacionais.

"Mother Vine, A Mátria do Vinho"
 
O documentário"Mother Vine, A Mátria do Vinho", com realização do americano Ken Payton e direção técnica de Virgílio Loureiro, destaca a variedade dos vinhos nacionais, alguns em risco de extinção, pretendendo contribuir para a salvaguarda de um importante património cultural pouco reconhecido. Segundo palavras do próprio realizador, o documentário "introduz ao público da Europa e da América o que está em causa em Portugal enquanto se confronta com a modernização". "Mother Vine, A Mátria do Vinho" leva-nos numa viagem aos vinhos históricos de Portugal e à alma do vinho português, registando imagens e sons da colheita das uvas e dos seus processos de transformação. Este documentário ganhou dois prémios no Oenovideo Film Fest: a Menção Especial "Património" e o Prémio "Paisagem e Meio Ambiente".

Virgílio Loureiro é Professor aposentado da Universidade Técnica de Lisboa (ISA), nas áreas da Microbiologia Alimentar e Microbiologia dos Vinhos. Exerce consultoria em Enologia e interessa-se pela História e Arqueologia do Vinho. Assumiu a direção técnica de "Mother Vine, A Mátria do Vinho".

Património do Mês de setembro: Vindimas

Esta atividade resulta da escolha das Vindimas para "Património do Mês" de setembro.

O concelho de Peniche, em particular a zona rural, detinha, até à segunda metade do século XX, uma importante prática agrícola com destaque para os cereais e a vinha. Em setembro e outubro tinha - e tem - lugar a vindima e posterior produção do vinho nos lagares.

Ainda que com uma relevância substancialmente reduzida, as memórias e vestígios do ciclo da vinha e do vinho são significativos na freguesia. No âmbito do Inventário Participativo do Património Cultural da freguesia de Atouguia da Baleia, projeto dinamizado pela Câmara Municipal de Peniche em colaboração com a Junta de Freguesia de Atouguia da Baleia e as associações locais, identificaram-se cerca de nove dezenas de lagares e adegas, alguns deles ainda em funcionamento, e mais de quarenta tabernas.

Em 2012, a Marcha Popular de Atouguia da Baleia, dinamizada pela Sociedade Filarmónica União 1º de Dezembro de 1902, elegeu como tema "As Vindimas". Desta oportuna escolha, resultou a letra e música bem como os fatos e adereços que estão expostos, durante o mês de setembro, no Centro Interpretativo de Atouguia da Baleia.

Património do mês de setembro: Vindimas (pdf)

A atividade é gratuita e aberta a todos os interessados. Venha partilhar as suas memórias sobre o ciclo do vinho no concelho e conhecer um pouco mais sobre os vinhos históricos de Portugal.

Dia 21 de setembro, contamos com a sua presença!


CONTACTOS

Largo do Município
      2520-239 Peniche

(+351) 262 780 100

(+351) 262 780 111

 cmpeniche@cm-peniche.pt


 





Subscreva a nossa newsletter e receba todas as novidades no seu email.