Casal Moinho recebe "A poesia anda por aí"e os "Poetas de fevereiro"

Casal Moinho recebe
A poesia anda por aí...

Têm em comum o facto de terem nascido no mês de fevereiro e de terem feito da poesia uma das suas formas eleitas de comunicação: Cesário Verde, David Mourão-Ferreira, Agostinho da Silva, António Aleixo, Almeida Garrett e Ruy Belo são os "Poetas de fevereiro" que conheceremos melhor na próxima 6ª feira, 22 de fevereiro, na Associação Desportiva e Recreativa do Casal Moinho, que acolhe assim a próxima sessão d’ A poesia anda por aí…

Nasceram entre fevereiro de 1799 e fevereiro de 1933 e já todos nos deixaram… Deixaram-nos também quadras, sonetos e muita poesia livre, em que condensaram as suas reflexões e sentimentos. Do carácter popular e de crítica social de António Aleixo à densidade dos textos de Ruy Belo, a diversidade na poesia está bem patente neste leque de poetas que não se limitaram a sê-lo. Escreveram noutros géneros e tiveram outras profissões. Em comum têm ainda o facto, bem português, de não terem vivido toda a sua vida em Portugal: viajaram, viveram e trabalharam noutros países (à excepção de Cesário Verde). A doença levou-os a todos mas a obra de cada um permaneceu até aos nossos dias. E é essa obra que o convidamos a conhecer melhor na próxima 6ª feira, às 21h30, na Associação Desportiva e Recreativa do Casal Moinho.

Até lá!

A poesia anda por aí… é um projeto da Câmara Municipal de Peniche (Pelouros da Cultura e da Solidariedade Social), herdeiro das sessões de poesia que foram tendo lugar na Biblioteca Municipal, nos últimos quinze anos, nomeadamente os projetos "Poesia na Garagem" e "Estações de Poesia". Em Março de 2010 descentralizámos estas sessões e, desde então, a poesia tem sido dita e ouvida em diversas coletividades e instituições do concelho de Peniche.


CONTACTOS

Largo do Município
      2520-239 Peniche

(+351) 262 780 100

(+351) 262 780 111

 cmpeniche@cm-peniche.pt


 





Subscreva a nossa newsletter e receba todas as novidades no seu email.