Circuito Nacional de Bodyboard Open’07 chegou ao fim

Circuito Nacional de Bodyboard Open’07 chegou ao fim
[+] Fotos

Figueira da Foz, Sintra, Viana do Castelo, Peniche e Sagres receberam este ano o Circuito Nacional de Bodyboard Open 2007. Depois de 5 etapas de Norte a Sul do país a satisfação é geral.

As condições do mar nem sempre foram as mais desejadas, mas nunca se perdeu o bom ambiente e acima de tudo a boa competição. Foi nas duas últimas provas que Neptuno mais ajudou e isso confirmou-se com o melhor do bodyboard nacional dentro de água.
 
Foram etapas bastante renhidas e só na última ficámos a conhecer os campeões de 2007. Em Sagres estava tudo em aberto, tanto no Open como no Feminino, o que deu ainda mais luta aos bodyboarders em competição e também mais entusiasmo ao circuito. Foi nas finais que tudo se decidiu e Manuel Centeno e Teresa Duarte sairam do último heat com o título de 2007. Para o bodyboarder do Porto, “este ano foi particularmente difícil ganhar e daí ter-me sabido especialmente bem. O nível estava muito alto, atletas como o Hugo e o Silvano são sempre muito difíceis de ganhar. Estou muito contente porque é a minha segunda vitória.” Teresa Duarte terminou o ano em casa e da melhor maneira, “estou contente, mas foi uma final stressante. Sabia que tinha que dar o máximo e a pressão não ajudou. Acabei por ter sorte e consegui atingir o meu objectivo”, disse a bodyboarder de Sagres.
 
À frente da organização esteve, pela primeira vez, a EXTREME Conteúdos e o resultado foi positivo. Inácio Silva, Director de Prova, afirmou que “no geral tudo correu bem, com etapas com melhores ondas que outras. Este foi o primeiro ano, o ponto de partida, no próximo vamos trabalhar mais e melhor.”
 
Para Duda Birra, Director Técnico do Circuito Nacional de Bodyboard Open 2007, “este ano foi extremamente positivo, porque veio organizar o bodyboard nacional em termos competitivos e filiação dos atletas. Em termos de ondas não foi um ano excelente, porque o mar nem sempre ajudou. A relação Extreme e Federação foi a melhor possível, a comunicação foi total e não existiram problemas nenhuns.”
 
Paulo Schmidt, Chefe de Juízes, fez também uma avaliação positiva. “Correu tudo muito bem, tanto do ponto de vista da organização, como do julgamento. O nível do bodyboard foi também do melhor. As ondas nem sempre ajudaram, mas houve etapas com ondas excelentes, como foi o caso de Peniche. O facto da decisão ter ficado para a última etapa foi muito interessante, pois aumentou o interesse do campeonato.”
 
Este circuito não poderia ser realizado sem os apoios da Isuzu, Red Bull, TV Cabo, Onda, CLUB L - Health Clubs, Fonte Viva, Respect Bodyboards, Nikita, Gee Vice, Mr.h, Slide In.Travel, Be Side, Extreme Sports Channel Portugal, Vert Magazine, Surfrider Foundation, Associação de Bodyboard Foz do Mondego, Surf Clube de Viana, Península de Peniche Surf Clube, Associação de Bodyboard de Sagres, Federação Portuguesa de Surf e Associação Portuguesa de Bodyboard.


CONTACTOS

Largo do Município
      2520-239 Peniche

(+351) 262 780 100

(+351) 262 780 111

 cmpeniche@cm-peniche.pt


 





Subscreva a nossa newsletter e receba todas as novidades no seu email.