Gabinete do Presidente

Derrocada parcial de arriba na Praia de S. Bernardino

Derrocada parcial de arriba na Praia de S. Bernardino

Ontem, 15 de agosto, pelas 14h40m, verificou-se um desmoronamento de parte de uma arriba na praia de S. Bernardino, no concelho de Peniche.

 
1 - Ontem, 15 de agosto, pelas 14h40m, verificou-se um desmoronamento de parte de uma arriba na praia de S. Bernardino, no concelho de Peniche.

2 - Em consequência do desmoronamento ficaram feridas 6 pessoas. Autoridade marítima, Bombeiros Voluntários de Peniche, INEM e Protecção Civil Municipal intervieram de forma rápida e coordenada no socorro às vítimas. O serviço de acção social foi igualmente activado no acompanhamento às vítimas e seus familiares. Neste momento, a situação é a seguinte:
  • Duas pessoas - uma mulher de 41 anos e uma criança de 2 anos - foram assistidas no local sem necessidade de cuidados hospitalares.
  • Um homem de 55 anos e um rapaz de 16 anos foram assistidos no hospital de Peniche. O primeiro com um traumatismo na região lombar e o segundo com uma ferida no couro cabeludo encontram-se em situação estável e já tiveram alta.
  • Duas mulheres foram inicialmente encaminhadas para o hospital de Caldas da Rainha. Uma mulher de 47 anos, com cirurgia recente à coluna, com suspeita de fractura na coluna e uma ferida no couro cabeludo foi transferida posteriormente para o hospital de Santarém, hospital da sua área de residência. A realização de TAC à coluna não confirmou qualquer lesão na sequência do acidente pelo que teve alta. A outra, uma mulher de 33 anos, com fracturas de membros inferiores e uma ferida no couro cabeludo foi transferida para o hospital S. Francisco Xavier, igualmente hospital da área de residência. Foi intervencionada ontem ao fémur esquerdo, apresenta fractura da perna direita com perda de substância. Vai ser transferida para o Hospital Ortopédico de Santana onde vai ser novamente intervencionada.
3 - Sobre a situação concreta destas arribas o município de Peniche tem a informar o seguinte:
  • Em 2007, a pedido da Administração Central, foi elaborado um relatório pela empresa Lisconcebe no qual são identificadas zonas de risco a intervencionar e que inclui S. Bernardino.
  • A 25 de agosto de 2009, e na sequência de pedido formulado pela Câmara Municipal de Peniche, o INAG presta a seguinte informação:
    • As intervenções nas praias da Consolação e na praia de S. Bernardino estão enquadradas na programação que foi estabelecida a nível nacional, no quadro das acções a concretizar na zona costeira portuguesa, dentro da tipologia da Defesa Costeira e Zonas de Risco, que resultaram de uma avaliação dos Planos de Ordenamento da Orla Costeira.
    • Com efeito, a publicação “LITORAL 2007-2013: Avaliação dos Planos de Ordenamento da Orla Costeira e Propostas de Actuação”, editado pelo MAOTDR, procede à identificação de áreas de intervenção prioritária onde se enquadram as de Defesa Costeira e Zonas de Risco, para situações em que estejam identificadas problemas concretos de segurança de pessoas e bens.
    • Cabe ao INAG a realização das intervenções preconizadas para a praia da Consolação e para a praia de S. Bernardino, no concelho de Peniche, apresentando para o efeito candidaturas ao QREN – Eixo III – Combate à Erosão e Defesa Costeira, sendo o ponto de situação actual o seguinte:
Estabilização das arribas da Praia de S. Bernardino:
  • Projecto de execução: concluído
  • Em curso: preparação do programa de procedimentos e do caderno de encargos para lançamento do concurso público da empreitada
  • Investimento previsto da obra (estimativa): 1.700.000 Euros
  • Execução da obra: 2010 (9 meses)
  • A Candidatura ao POVT encontra-se aprovada
Mais recentemente, a 1 de Abril de 2011, na sequência de mais um dos pedidos de informação sobre a situação, o INAG informa:
  • No que se refere à arriba de São Bernardino estão em preparação as peças de procedimento para lançamento do concurso público para execução da obra. Prevê-se a adjudicação para o final do ano, se houver disponibilidade orçamental para o efeito.
4 – Para além do acompanhar deste processo de intervenção de fundo, o Município de Peniche em ligação estreita com a ARH Tejo, foi monitorizando sistematicamente o estado das arribas do nosso concelho e colocando e renovando pelos seus próprios meios as placas sinalizadoras de perigo fornecidas pela ARH Tejo e pelo INAG. No caso concreto desta arriba, antes do início da época balnear foi reforçada a sinalética.

Em síntese:
  • Da parte do Município de Peniche, através do seu Presidente, foram múltiplas as insistências junto do INAG sobre a necessidade urgente de intervir naquela arriba.
  • Ontem, junto do Senhor Secretário de Estado do Ambiente e do Ordenamento do Território reiterou essa urgência.
  • A colocação sistemática de sinalética, numa perspectiva preventiva evidencia a elevada responsabilidade com que o Município sempre abordou este assunto.
O Município de Peniche, que se encontra a acompanhar a evolução do estado clínico da única pessoa que se encontra internada, formula o desejo de rápidas melhoras.

Peniche, 15 de Agosto de 2011

António José Correia
Presidente da Câmara Municipal de Peniche
Tlm. 936 027 598 
 

Notícias relacionadas:
 


CONTACTOS

Largo do Município
      2520-239 Peniche

(+351) 262 780 100

(+351) 262 780 111

 cmpeniche@cm-peniche.pt


 





Subscreva a nossa newsletter e receba todas as novidades no seu email.