Poema "Surfista"

Poema de Ida Guilherme por ocasião do Rip Curl Pro Portugal - Peniche 2011.

Poema de Ida Guilherme por ocasião do Rip Curl Pro Portugal - Peniche 2011.

 
SURFISTA
 
Prancha,
companheira do meu dia
a onda espera por nós,
transparente,
leve e macia,
abrindo-se em espuma branca
com cheiros de maresia.
Do mar,
do mar, ouve se a voz
chega a hora de partir
ele já está a chamar,
já está a chamar por nós.
Voar sobre o azul marinho
que a maré está a subir,
cavalgar,
sonhar, sonhar,
crista da onda seguir.
E, baixinho,
um novo hino cantar,
surfando,
cantando o Mar.
Prancha,
com meus sonhos voa,
entra no tubo,
magia,
no teu ziguezaguear
está toda a minha alegria
até aos confins do Mar 

15 de Outubro de 2011


CONTACTOS

Largo do Município
      2520-239 Peniche

(+351) 262 780 100

(+351) 262 780 111

 cmpeniche@cm-peniche.pt


 





Subscreva a nossa newsletter e receba todas as novidades no seu email.